Postagens

Mostrando postagens de 2015

O QUE HÁ EM COMUM ENTRE AS PESSOAS QUE MUDARAM O MUNDO ?

Imagem
O que há em comum entre as pessoas que mudaram o mundo?*Por Cecília Costa

Há algum tempo tenho interesse nessa pergunta e comecei a estudar as biografias de algumas pessoas que trouxeram grandes transformações para o mundo. De uma lista inicial de 15 nomes, escolhi cinco que fossem mundialmente reconhecidos por contribuir positivamente, que representassem culturas e/ou épocas distintas da humanidade (de 470 a.C até a atualidade) e que tivessem informações biográficas confiáveis e acessíveis. As cinco pessoas escolhidas foram: Platão, Leonardo da Vinci, Mahatma Gandhi, Albert Einstein e Dalai Lama. A ideia foi comparar a biografia dos cinco, a fim de identificar os pontos comuns e perceber aqueles que devem ter contribuído para o poder de transformação que essas pessoas tiveram (e ainda têm) na história da humanidade. Antes de investigarmos as similaridades, vou trazer um breve relato de cada um e suas contribuições.
Platão nasceu na Grécia provavelmente em 427 antes de Cristo e morreu e…

DALAI LAMA FALA SOBRE OS ATENTADOS EM PARIS

Imagem
Dalai Lama sobre os Atentados em Paris
“O século 20 foi violento, mais de 200 milhões de pessoas morreram devido a guerras e outros conflitos. Vemos agora o sangue derramado no século passado transbordar para este. Se dermos mais ênfase à não violência e à harmonia, poderemos proclamar um recomeço. A menos que façamos sérios esforços para alcançar a paz, continuaremos a ver uma reprodução do caos que a humanidade vivenciou no século 20.
As pessoas querem levar uma vida pacífica. Mas os terroristas têm vista curta, e esta é uma das causas dos desenfreados atentados suicidas. Não podemos resolver esse problema apenas através de orações. Eu sou budista e acredito na oração. Mas foram os seres humanos que criaram esse problema, e agora estamos pedindo a Deus para resolvê-lo. É ilógico. Deus diria: resolvam-no sozinhos porque vocês mesmos o criaram.
Precisamos de uma abordagem sistemática para fomentar valores humanistas, que promovam unidade e harmonia. Se começarmos agora, há esperança de q…

"NUNCA ESTRAGUE O SEU PRESENTE POR UM PASSADO QUE NÃO TEM FUTURO." - DALAI LAMA

Imagem

A FORMA COMO AS PESSOAS NOS TRATAM É O KARMA DELAS.A FORMA COMO REAGIMOS É NOSSO - DALAI LAMA

Imagem
"A forma como as pessoas nos tratam é o karma delas.A forma como reagimos é o nosso."Dalai Lama

A ÉTICA ALÉM DA RELIGIÃO : A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA NA PROMOÇÃO DA ÉTICA SECULAR - SUA SANTIDADE O DALAI LAMA

Imagem
A ética além da religião: a investigação científica na promoção da Ética Secular | S. S. o Dalai Lama“Qualquer resposta, baseada na religião, para o problema de nossa negligência dos valores internos não pode ser universal, e assim será insuficiente. O que nós precisamos na atualidade é uma abordagem para a ética, que não faça referência à religião e que seja igualmente aceitável para aqueles que tenham fé e os que não tenham: a ética secular.” — S. S. o Dalai Lama.
No vídeo abaixo, Sua Santidade o Dalai Lama fala sobre promoção da ética secular, com especial ênfase sobre o papel da investigação científica, durante sua palestra a um grupo de 200 monges e monjas budistas em Nagano, Japão no dia 20 de junho de 2010.
[Ative a legenda clicando no quadradinho no canto inferior direito do vídeo]

“A diferença entre ética e religião é como a diferença entre água e chá. Ética sem conteúdo religioso é a água, um requisito essencial para a saúde e a sobrevivência. A ética fundamentada na religião é…

SE AJUDAR AOS OUTROS LHE PARECE DIFÍCIL DEMAIS,TENTE AO MENOS NÃO PREJUDICÁ-LOS - DALAI LAMA

Imagem

"O PLANETA NÃO PRECISA DE MAIS 'PESSOAS DE SUCESSO'... - DALAI LAMA"

Imagem
"O planeta não precisa de mais 'pessoas de sucesso'. 
O planeta precisa desesperadamente de mais pacificadores, curadores, restauradores, contadores de histórias 
e amantes de todo tipo. 
Precisa de pessoas que vivam bem nos seus lugares. 
Precisa de pessoas com coragem moral dispostas
a aderir à luta para tornar o mundo habitável e humano, 
e essas qualidades têm pouco a ver com o sucesso tal como a nossa cultura o tem definido."

(Dalai Lama)

A ARTE DA FELICIDADE - UM MANUAL PARA A VIDA - SUA SANTIDADE,O DALAI LAMA E HOWARD C.CUTLER

Imagem
A Arte da Felicidade – Um Manual para a VidaEste é um livro de Sua Santidade o 14º Dalai Lama. É muito interessante a forma como o Dalai Lama aborda, os assuntos como felicidade, sofrimento, compaixão e amor. Ele usa uma linguagem simples e direta, com exemplos do cotidiano e com um bom humor de um jeito que só ele tem e que quando você lê, ri e se diverte junto. Para quem já assistiu alguma entrevista do Dalai Lama no youtube, sabe o quanto ele é divertido e quando dá gargalhadas não tem como segurar, você ri junto. Ele transmite uma felicidade muito contagiante. Acredito que o objetivo da vida seja a busca da felicidade. Isso está claro. Quer se acredite em religião ou não, todos nós buscamos algo melhor na vida. Neste livro, o Dalai Lama explica basicamente que todos os seres aspiram a felicidade e tentam se afastar do sofrimento, que esse é o propósito da vida, a busca pela felicidade. Em meio a meditações, bate-papo e histórias, ele explica como derrotar a ansiedade, solidão, insegu…

O MAPA DAS EMOÇÕES E A MEDITAÇÃO SOBRE A COMPAIXÃO - O CALOROSO REENCONTRO ENTRE SUA SANTIDADE O DALAI LAMA E SEU VELHO AMIGO PAUL EKMAN

Imagem
Sua Santidade o Dalai Lama e Paul EkmanO Mapa das Emoções e a Meditação sobre a Compaixão07/17/2015 O céu estava nublado naquela manhã, mas ocorria um caloroso reencontro entre Sua Santidade o Dalai Lama e seu velho amigo Paul Ekman. Acompanhado de sua filha Eve, de sua esposa Mary Ann Mason e de Eric Rodenback, Ekman veio para relatar o progresso na criação de um Mapa de Emoções. Sua Santidade iniciou a conversa:

“Nosso foco deve ser todos os 7 bilhões de seres humanos que vivem hoje neste planeta, cada um deles querendo ter uma vida feliz. Estamos tentando fazer com que saibam que a felicidade não é totalmente dependente de dinheiro e de coisas materiais, mas sim de valores internos como a compaixão, sem que precisem ter uma crença religiosa. Estamos tentando adotar uma abordagem secular, que possa atingir todos os seres humanos.”
“Nesse esforço, eu valorizo especialmente os cientistas, porque eles tendem a ser movidos unicamente pela experiência e por evidências. Nós devemos fundament…